Histórias de eventualidades, improbabilidades, bicharadas, noitadas e coisas do arco da velha que de alguma forma me acabam sempre por acontecer. Crónicas diárias com a matilha, muita bicharada à mistura, muita música e sempre com um humor caústico como muita gente gosta de o caracterizar.

15/07/2009

Mais uma crónica do fim de semana


Quem me dera ter um fim de semana, sossegadinho no meu cantinho sem fazer absolutamente nada! Mas está escasso ... Quando se começa o fim de semana a ver os roços e a escolher o posicionamento da sanita, sabemos que aqueles dois dias vão ser especiais. Afinal ninguém quer estar sentado no trono e levar com a porta nas fuças. Por isso tudo tem de ser bem pensadinho ao pormenor. O resto do dia foi passado a trabalhar na IBM (Introdução aos Baldes de Massa, para os menos instruídos). Por volta das 18 da tarde apareceram as primas Metralha com mais um cão para eu dar. Infelizmente o dono que eu queria que ficasse com ele não tinha disponibilidade pelo que o velhote ficou lá por casa. O que vale é que o meu irmão se apaixonou pelo dito. Conclusão já temos mais um Boby lá por casa, velhote, snow dog e com mau-feito. Hmm, faz-me lembrar alguém. A merda foi que me esqueci da reunião às 10... Oh well, fica para a próxima, afinal é fim de semana.
No domingo de manhã armei-me em pastor (os pais tinham ido para a praia) e tive de tratar do gado, algo que já fazia um bom tempo que não acontecia e ainda deu para correr uns quilómetros com os meus cães. Só mesmo para pôr a forma em dia.
À tarde foi dia de comer, se isto parecer uma contradição não é. Acho que nunca comi tanto na vida. A minha afilhada fazia anos, os pais prepararam a festa em casa deles. Ora bem ele foi frango, cabrito, cozido, duas sopas, sobremesas tudo regado de bom vinho. Depois jogar ao sobe e desce, copas, até virem uns caracolinhos deliciosos, como já não comia há muito tempo que para ajudar convidavam muito à cerveja fresquinha. Para terminar uma churrascada de borrego na brasa, o tradicional bolo de aniversário e um chiripiti (quem sabe o que é?) da casa para ajudar a remoer. Quase 12 horas a comer e beber. Ah the good life!|

3 comentários:

Ana banana disse...

trata-me bem dessa bola de pêlo!!! :) nunca pensei dizer isto, mas acho que vou sentir a falta dele...

eeeeeeee, já agora. o mau feitio do gajo faz te lembrar alguma coisa que eu conheça?

nalga disse...

Chiripiti: poderá ser uma aguardente ou bagaceira também conhecido por "digestivo"
Abraço

S. C. disse...

Ora!