Histórias de eventualidades, improbabilidades, bicharadas, noitadas e coisas do arco da velha que de alguma forma me acabam sempre por acontecer. Crónicas diárias com a matilha, muita bicharada à mistura, muita música e sempre com um humor caústico como muita gente gosta de o caracterizar.

11/02/2008

O médico


Eu: Boa tarde.
Recepcionista: Boa tarde.
Eu: Tenho uma consulta.
Recepcionista: Aguarde um pouco se faz favor. O doutor está um pouco atrasado.
*espera*
*espera*
*espera*
*desespera*
*suspira*
*lê o Público*
*lê a T3*
*lê a Tv Guia de à um ano atrás*
*lê a Maria*
*lê o suplemento de TV do Correio da Manhã*
*suspira*
*suspira*
Recepcionista: O Sr. pode entrar.
Eu: Boa noite.
Médico: Boa noite. Tudo bem?
Eu: Sim. Obrigado.
*Médico olha para as ecografias e análises de sangue*
Médico: Vamos aumentar a dose. Para o ano volta cá outra vez para vermos quais os ajustes necessários.
Eu: Ok. Obrigado e boa noite.
Médico: Boa noite.
Recepcionista: São 75€.
Eu: *suspiro*

Aviso: Quaisquer as semelhanças com casos reais são meras coincidências.

2 comentários:

MrCosmos disse...

não te injectaram esse liquido azul nas veias pois não?

é que com o "azul" a correr nas veias saias de lá com outra "pica". ;-)

Bom fim de semana!

S. C. disse...

Nah, pelo meu corpo o sangue que corre é vermelho.
Se saí azul foi de raiva!